sábado, 2 de maio de 2009

Obikwelus Jurídicos

Um dos problemas mais irritantes com que me tenho deparado ao longo do curso é o pouco que tempo que é dado para resolver os testes de avaliação continua. Na esmagadora maioria dos casos, os 50 minutos disponíveis não são suficientes para uma resolução minimamente completa de um enunciado.

Faria muito mal ao mundo estender a duração dos testes mais 20 minutos?

Não há tempo para tratar os pormenores, não há tempo para problematizar...e ainda por cima ainda se retiram 2 valores para a ponderação global.

Esses dois valores vão servir para que? Para avaliar a qualidade da minha caligrafia? Ou para analisar a forma como eu estruturei a minha resposta, que em muitas partes se reduz a um esquema de setas porque não há tempo para mais?

Mistérios...

4 comentários:

FDS disse...

Tenho tido sorte nesse aspecto. Na semana passada fiz um teste de av. continua e o professor teve a decência de nos dar 2 horas para resolver o teste.

Para além disso, o assistente de outra cadeira já nos informou que no teste de av. continua da sua cadeira, a realizar daqui a uns dias, terá mais 30 minutos do que o previsto.


Menos mal!

Miguel Pereira disse...

You lucky bastard! xD

m.v. disse...

do que eu gosto mesmo é quando eles se põem a fazer o countdown, e depois nos arrancam os testes das mãos com o pretexto de que têm de ir não sei onde e estão atrasadissimos.

Miguel Pereira disse...

m.v., não sei o que é pior, se isso se as maratonas pelos corredores para alcançar o doutor ou doutora de serviço e entregar o teste.